11:27 19 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Operação militar turca na cidade de Afrin, na Síria, em 20 de janeiro de 2018

    'Foi um grande erro não deixar exército sírio entrar em Afrin'

    © AP Photo / Lefteris Pitarakis
    Oriente Médio e África
    URL curta
    7330

    Líder da Iniciativa Curda na Síria, Muhammed Oso, falando com a Sputnik Árabe, destacou que os curdos do norte da Síria vão se arrepender de terem confiado nos EUA.

    Segundo ele, os Estados Unidos não estão interessados nos curdos, eles precisam de uma força que distraia o governo sírio e seus aliados da luta contra o extremismo.

    "Todos vimos a hipocrisia dos EUA na situação em Afrin. Eles deram luz verde à operação turca, que pode ser considerada como uma agressão contra o povo curdo. Cresce o descontentamento dos curdos de Afrin em relação aos curdos que colaboram com os americanos. A Rússia pode parar esta guerra e a agressão turca por meio dos encontros de Astana", declarou Muhammed Oso à Sputnik Árabe.

    Ele acrescentou que os curdos continuam lutando contra os grupos terroristas, o exército sírio forneceu as armas necessárias. Uma representação do partido curdo foi aberta em Moscou e foram realizados vários encontros, tanto na capital russa, quanto na base em Hmeymim, antes da operação turca em Afrin.

    "Foi um grande erro não deixar o exército sírio entrar em Afrin e lhe entregar o controle sobre as instituições governamentais. O exército poderia ter entrado em todas as áreas curdas e as proteger do mal que estava chegando", sublinhou.

    Segundo o político curdo, a agressão turca não foi dirigida apenas contra os curdos. A Turquia tem seus próprios planos estratégicos para esta parte da Síria, onde ela pretende criar uma região controlada por Ancara. Isto, segundo resumiu Muhammed Oso, pode virar a causa de futuros problemas entre a Síria e Turquia.

    Mais:

    Turquia assume o controle de importante território de Afrin
    Moscou: EUA de fato instigaram Turquia a iniciar operação militar em Afrin
    Ancara: Ninguém impedirá Turquia se exército sírio entrar em Afrin para proteger curdos
    Tags:
    controle, operação militar, Turquia, Afrin, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik