12:33 19 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    381
    Nos siga no

    O Ministério da Defesa da Rússia negou hoje relatos de possíveis ataques aéreos russos contra áreas residencias nos arredores de Damasco, que teriam provocado a morte de 37 civis.

    "A aviação russa não realiza bombardeios contra áreas residenciais de Ghouta Oriental e não usa, ao contrário da coalizão internacional liderada pelos EUA, bombas incendiárias. Os relatos disseminados pelos 'Capacetes Brancos' — fraudadores que exploram a dor humana —, assim como pelo Observatório Sírio para os Direitos Humanos, baseado em Londres, são mentiras notórias", disse a Defesa russa. 

    De acordo com residentes de Ghouta Oriental que conseguiram deixar a zona de guerra, com a ajuda do Centro Russo para a Reconciliação Síria, os representantes dos Capacetes Brancos operam apenas em áreas controladas por terroristas da Frente al-Nusra.

    "Assim, a prontidão de alguns meios de comunicação europeus para cegamente citar qualquer informação falsa dos 'Capacetes Brancos' causa perplexidade", destacou o ministério.

    Mais:

    Presidente sírio visita soldados na 'linha de fogo' em Ghouta Oriental (FOTOS, VÍDEO)
    Mais de 68.000 pessoas saíram de Ghouta Oriental desde abertura de corredores humanitários
    Tags:
    Capacetes Brancos, Frente al-Nusra, Damasco, EUA, Ghouta Oriental, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar