11:32 16 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Uma foto tirada em 28 de fevereiro de 2018 mostra as chamas após um ataque em al-Shaffuniyah, no enclave de Ghouta Oriental nos arredores da capital síria, Damasco.

    Mais de 68.000 pessoas saíram de Ghouta Oriental desde abertura de corredores humanitários

    © AFP 2018 / Ammar Suleiman
    Oriente Médio e África
    URL curta
    1070

    Mais de 68.000 pessoas saíram de Ghouta Oriental desde a abertura de corredores humanitários.

    De acordo com o porta-voz do Centro para a Reconciliação na Síria russo, major-general Vladimir Zolotukhin, até ao momento mais de 20.000 pessoas já abandonaram Ghouta Oriental através do corredor humanitário na cidade de Hamuriya. A retirada dos civis continua.

    Mais de 68.000 pessoas saíram de Ghouta Oriental desde a abertura de corredores humanitários, informou o Centro para a Reconciliação russo.

    A região de Ghouta Oriental tem dois corredores humanitários funcionando para garantir a saída de civis e militantes.

    Ghouta Oriental foi ocupada pelos militantes em 2012. De acordo com estatísticas do exército sírio, na área estão entre 10 e 12 mil militantes. Apesar da recente resolução da ONU, apelando a todas as partes do conflito para aderirem à pausa humanitária, os combates não terminaram, segundo o Centro Russo de Reconciliação na Síria.

    No fim de fevereiro, o Conselho de Segurança da ONU aprovou a resolução 2401, que exige que todas as partes parem os confrontos e garantam uma pausa humanitária ao longo de 30 dias por toda a Síria, para realização de operações humanitárias.

    A Rússia anunciou, por ordem do presidente russo Vladimir Putin, uma pausa humanitária diária de cinco horas a partir de 27 de fevereiro em Ghouta Oriental e a criação de um corredor humanitário para que os civis possam abandonar a zona.

    Tags:
    corredores humanitários, pausa humanitária, Centro para a Reconciliação na Síria russo, Rússia, Ghouta Oriental, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik