17:00 22 Abril 2018
Ouvir Rádio
    Fumaça provocada por ataques na região de Ghouta Oriental, nos arredores de Damasco (arquivo)

    Rússia: terroristas mantêm centenas de reféns em Ghouta Oriental

    © AFP 2018 / AMER ALMOHIBANY
    Oriente Médio e África
    URL curta
    15120

    Militares russos afirmaram hoje que a situação nos arredores de Damasco controlados por diferentes grupos jihadistas segue se deteriorando, apesar de o Conselho de Segurança das Nações Unidas ter aprovado uma resolução pedindo trégua de um mês na área para permitir a entrega de ajuda humanitária.

    De acordo com observadores do Centro Russo para a Reconciliação Síria, na região mais afetada pelos conflitos, em Ghouta Oriental, centenas de pessoas, incluindo crianças, estão sendo feitas reféns pelos terroristas de organizações como Jaysh al-Islam e Frente al-Nusra.

    "Apesar da resolução do Conselho de Segurança da ONU sobre o estabelecimento de um cessar-fogo de 30 dias na Síria, a situação em Ghouta Oriental continua a piorar", afirmou o major-general Yury Yevtushenko, porta-voz do centro.

    Segundo Yevtushenko, militares russos prepararam, com a ajuda do Crescente Vermelho, um corredor humanitário ligando Ghouta ao campo de refugiados de Wafedeen. 

    "As pessoas vão receber orientações para as rotas de saída através de panfletos distribuídos na área, alto-falantes e mensagens SMS."

    Mais:

    Damasco continuará operação antiterrorista em Ghouta Oriental
    Militantes lançam morteiros em corredor humanitário entre Damasco e Ghouta Oriental
    Tags:
    Centro Russo para a Reconciliação Síria, Crescente Vermelho, Frente al-Nusra, ONU, Yury Yevtushenko, Ghouta Oriental, Ghouta, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik