16:56 18 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Transeuntes observam restos de mísseis na cidade sitiada de Douma, no leste de Ghouta, em Damasco, Síria, 23 de fevereiro de 2018

    Vaticano elogia cessar-fogo na Síria

    © REUTERS / Bassam Khabieh
    Oriente Médio e África
    URL curta
    1 0 0

    Por meio do secretário de Estado, cardeal Pietro Parolin, o Vaticano elogiou a resolução do Conselho de Segurança da ONU, que estabelece um cessar-fogo de 30 dias na Síria para permitir a entrega de ajuda de emergência à Nação do Oriente Médio.

    O Conselho de Segurança da ONU aprovou ontem, por unanimidade, a resolução 2401 que exorta todas as partes no conflito na Síria a interromperem imediatamente todos os confrontos e aderir à pausa humanitária a longo prazo em todo o território do país. O objetivo é garantir o abastecimento seguro e sem obstáculos de ajuda humanitária, bem como a evacuação médica dos feridos.

    "Nós apoiamos a trégua humanitária na Síria, exigida pelas Nações Unidas. É necessário parar a violência, garantir o acesso à ajuda humanitária e uma decisão sobre as negociações", disse Parolin, citado pelo canal de TV TGcom 24.

    Parolin também enfatizou que o papa Francisco estava preocupado com a "situação dramática em Ghouta Oriental" e outras áreas, incluindo Afrin.

    A violência aumentou em Ghouta Oriental, à beira de Damasco, e a ONU estima que quase 400 mil pessoas estão sitiadas por tropas governamentais, enquanto a Rússia argumenta que a capital foi atacada por militantes que controlam o enclave.


    Tags:
    TGcom 24, Nações Unidas, Conselho de Segurança da ONU, Pietro Parolin, Papa Francisco, Ghouta Oriental, Damasco, Vaticano, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik