01:59 26 Maio 2019
Ouvir Rádio
    Primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, e o presidente da Rússia, Vladimir Putin

    Netanyahu reivindica o direito de Israel se defender em diálogo com Putin

    © Sputnik / Sergei Guneev
    Oriente Médio e África
    URL curta
    11323

    O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, conversou neste sábado (10) com presidente russo, Vladimir Putin, e defendeu o direito de seu país de se proteger dos ataques do território sírio.

    "Numa conversa com o presidente russo, Vladimir Putin, eu ratifiquei nosso direito e nosso dever de nos proteger dos ataques do território sírio", disse Netanyahu em um despacho publicado pelo escritório de imprensa.

    De acordo com o texto, ambos os líderes concordaram em continuar a coordenação entre os  dois países para evitar incidentes.

    "Concordamos em continuar a coordenação entre os nossos Exércitos", disse Netanyahu.

    A mídia israelense afirmou anteriormente que o governo israelense pediu à Rússia para intervir para aliviar a tensão com a Síria. Mais tarde, Israel informou que um dos seus aviões de combate caiu no norte do país.

    Por sua vez, a agência SANA, citando uma fonte militar, informou que aviões israelenses atacaram instalações militares sírias na parte central do país e que sistemas antiaéreos "abriram fogo e atingiram vários aviões".

    Em um novo comunicado de imprensa, o exército israelense disse que, em uma segunda ofensiva, bombardeou 12 instalações militares no território sírio.

    Anteriormente, o exército israelense informou que interceptou um drone iraniano que atravessou a fronteira do território sírio na noite passada.

     

    Mais:

    Moscou está preocupada por escalada de tensões entre Israel e Síria
    Sistemas sírios de defesa antiaérea repelem novo ataque de Israel
    Avião militar israelense sofre acidente no norte de Israel
    Israel derruba drone iraniano e ataca instalações de Teerã na Síria
    Gemas digitais: Israel lançará criptomoeda apoiada por diamantes
    Tags:
    defesa, conflito, Vladimir Putin, Benjamin Netanyahu, Síria, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar