02:40 13 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Ataques aéreos no Iêmen

    Ataques aéreos dos EUA matam três altos membros da Al-Qaeda no Iêmen

    © REUTERS / Khaled Abdullah
    Oriente Médio e África
    URL curta
    7 0 0
    Nos siga no

    Bombardeios realizados nos EUA nos últimos meses no Iêmen mataram três altos líderes do grupo terrorista da Al-Qaeda na Península Arábica, informou o Comando Central das Forças Armadas dos EUA em um comunicado nesta quarta-feira.

    "Os recentes ataques aéreas no Iêmen resultaram na morte de líderes importantes da Al-Qaeda na Península Arábica", diz o texto, acrescentando que "o facilitador das operações externas Miqdad al Sana" foi morto em um ataque aéreo em 15 de dezembro, na localidade de Al-Bayda".

    O facilitador de armas Habib al-Sana'ani foi morto no dia 19 de dezembro e um membro do comitê da Al-Qaeda na Península Arábica, Abu Umar al-Sana'ani, foi morto em um bombardeio em 20 de novembro, acrescenta a declaração.

    Nos últimos anos, os EUA realizaram uma série de bombardeios contra o grupo da Al-Qaeda no Iêmen.

    Além disso, sob a administração do presidente estadunidense Donald Trump, foram realizadas recentemente várias operações terrestres contra terroristas.

    Desde 2014, o Iêmen tem sido o cenário de violentos combates entre os rebeldes Houthi e os apoiantes do ex-presidente Ali Abdullah Saleh, por um lado, e as forças leais ao presidente legítimo, Abdo Rabu Mansur Hadi, por outro, que tem apoiado uma coalizão desde março de 2015 de países do Golfo Pérsico e da África do Norte, liderados pela Arábia Saudita.

    A crise resultou em um reforço de organizações terroristas, incluindo a Al-Qaeda.

    Mais:

    Mídia: sauditas interceptam míssil balístico lançado por houthis do Iêmen
    Coalizão árabe corta abastecimento de houthis no Iêmen
    Aviação da coalizão árabe efetua ataque contra mercado no Iêmen, matando 20
    Tags:
    Houthis, bombardeios, ataque aéreo, guerra, terrorismo, Al Qaeda na Península Arábica, Ali Abdullah Saleh, Donald Trump, Abd Rabbuh Mansur Hadi, Estados Unidos, Iêmen, Arábia Saudita
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar