10:25 24 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Drones que atacaram bases russas na Síria

    Ministério da Defesa russo divulga FOTO de drones que atacaram suas bases na Síria

    CC BY 4.0 / Ministério da Defesa da Rússia
    Oriente Médio e África
    URL curta
    11341

    O Ministério da Defesa da Rússia publicou uma nova fotografia dos drones usados por terroristas, que tentaram atacar as bases militares russas em Hmeymim e Tartus.

    A imagem mostra três drones não danificados de produção manual que foram construídos com placas de madeira compensada.

    Além disso, é possível observar fragmentos de mais três veículos aéreos.

    Na noite de 6 de janeiro, as bases militares de Hmeymim e de Tartus, na Síria, ambas sob administração russa, repeliram um ataque massivo de drones contra suas instalações.

    Para realizar um ataque, os jihadistas utilizaram 13 veículos aéreos não tripulados (VANT): dez foram enviados a Hmeymim, enquanto três outros — a Tartus.

    Sete deles foram eliminados pelos sistemas de defesa aérea Pantsir-S. Além disso, os militares russos conseguiram retomar o controle de seis outros drones.

    No entanto, segundo afirma o Ministério da Defesa russo, só os países tecnologicamente desenvolvidos possuem meios que foram usados no decurso do ataque.

    Em resposta, o Pentágono declarou que veículos parecidos estão em "acesso livre" no mercado internacional.

    Apesar dos recentes eventos, o Kremlin afirmou que as bases russas na Síria dispõem de todas as capacidades necessárias para combater "ataques terroristas" semelhantes, que continuarão.

    Mais:

    Moscou estabelece local de lançamento de drones contra sua base aérea na Síria
    Aquela ajudinha do exterior na montagem de drones terroristas
    Avião de reconhecimento dos EUA sobrevoava bases russas na Síria durante ataque de drones
    'Ataque de drones na Síria é nova página na história do terrorismo internacional'
    Ministério da Defesa russo: posição do Pentágono sobre drones de terroristas é preocupante
    Tags:
    VANT, drones, terroristas, ataque, Ministério da Defesa (Rússia), Tartus, Hmeymim, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar