04:07 20 Novembro 2017
Ouvir Rádio
    Homem trabalha em uma refinaria de petróleo improvisada em Raqqa

    'Na Síria começa a batalha pelos recursos'

    © AFP 2017/ Alice Martins
    Oriente Médio e África
    URL curta
    Raqqa: do Daesh aos EUA (14)
    52278016

    Os curdos, apoiados pela coalizão liderada pelos EUA, retomaram aos terroristas uma das maiores jazidas de petróleo na Síria. O especialista russo Grigory Lukyanov expressou a opinião de que na Síria começou uma batalha pelos recursos.

    Ao aproximar-se a vitória sobre o Daesh (organização terrorista proibida na Rússia) na Síria, os curdos, assim como outros grupos políticos do país, estão pensando como se desenvolverá a situação depois da derrota definitiva do grupo terrorista.

    O especialista em Oriente Médio Grigory Lukyanov disse ao serviço russo da Rádio Sputnik que os curdos querem manter as conquistas obtidas durante a luta contra os jihadistas e vão precisar de suas próprias fontes de receitas quando a ajuda dos EUA começar diminuindo ou a participação de outros atores mudar seu caráter.

    "Nas condições de uma economia arruinada, os campos petrolíferos são a coisa mais cobiçada. É uma batalha pelos recursos, que será realizada de diversas formas", disse Lukyanov.

    Ele sublinhou que o gás e o petróleo que são produzidos na Síria não têm muito potencial de exportação, porque são necessários para a recuperação do país quando a guerra terminar na maior parte do território.

    "Hoje em dia, o problema principal para o futuro é onde obter ferramentas e recursos para restaurar a Síria. É evidente que os recursos locais desempenharão o papel principal nesse processo: quem controlar esses recursos terá direito de participar da tomada das decisões importantes sobre o futuro político da Síria", explicou o especialista.

    As unidades árabe-curdas das Forças Democráticas da Síria (FDS), apoiadas pela coalizão liderada pelos EUA, anunciaram ter assumido o completo controle sobre o maior campo de petróleo, Al-Omar, na província de Deir ez-Zor.

    Anteriormente, o porta-voz da empresa de gás síria em Deir ez-Zor, Amin Jamid, comentou que mais de 80% dos recursos de petróleo na província ainda estão sob o controle do Daesh

    Tema:
    Raqqa: do Daesh aos EUA (14)

    Mais:

    General sírio: Forças Democráticas da Síria realizam política americana no país
    Tags:
    gás, petróleo, recursos minerais, curdos, Daesh, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik