11:45 18 Novembro 2017
Ouvir Rádio
    Militar norte-americano no Afeganistão, foto de arquivo

    Atentado do Talibã mata 15 no Afeganistão

    © AP Photo/ Maya Alleruzzo
    Oriente Médio e África
    URL curta
    0 35710

    Pelo menos 15 pessoas foram mortas e outras quatro ficaram feridas após uma explosão perto da Academia Militar Marshal Fahim em Cabul, informou a mídia local no sábado (21).

    Todas as vítimas eram militares e foram atingidas quando seu ônibus foi interceptado por um homem-bomba. De acordo com o canal 1TV News, o grupo terrorista Talibã assumiu a responsabilidade pelo ataque.

    A missão de apoio da OTAN no Afeganistão afirmou que o atentado representa "um ataque ao futuro do Afeganistão e das Forças de Defesa e Segurança do Afeganistão" e comprava o desespero dos terroristas por não conseguirem sustentar um confronto no campo de batalha.

    Poucos momentos antes do ataque na Academia Militar, vários foguetes atingiram o distrito de Wazir Akbar Khan, em Cabul, onde estão localizados muitos edifícios governamentais e embaixadas estrangeiras.

    Na sexta-feira, pelo menos 59 pessoas morreram em Cabul quando uma explosão atingiu a mesquita Imam Zaman na parte ocidental da cidade. O Daesh revindicou a responsabilidade pelo ataque. 

    Mais:

    Ataque de drone dos Estados Unidos mata 12 na fronteira entre Paquistão e Afeganistão
    Daesh no Afeganistão é uma arma dos EUA para causar problemas na região, afirma Karzai
    Atentado contra base militar no Afeganistão provoca ao menos 40 mortos
    Tillerson: EUA ficarão no Afeganistão até a paz ser restabelecida
    Ataque do Talibã deixa policiais mortos no norte do Afeganistão
    Paquistão diz que EUA fracassaram no Afeganistão e se nega a ser 'bode expiatório'
    Tags:
    OTAN, Talibã, Daesh, Afeganistão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik