12:18 16 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Exército sírio (foto de arquivo)

    Exército sírio cerca Daesh no leste da Síria

    © Sputnik / Mikhail Voskresenskiy
    Oriente Médio e África
    URL curta
    9210
    Nos siga no

    Foi comunicado que as Forças Armadas da Síria e seus aliados cercaram os militantes do Daesh (grupo terrorista proibido na Rússia e em vários outros países) na cidade de Mayadin na parte oriental da Síria.

    A operação do exército sírio visando o cerco dos militantes do Daesh na cidade síria de Mayadin está sendo realizada, revelou à Sputnik este domingo (8) uma fonte que conhece a situação.

    "Tropas de assalto [do exército sírio] estão limpando áreas nos arredores ocidentais de Mayadin", disse a fonte.

    Ontem (8), o Ministério da Defesa russo relatou sobre a eliminação de um posto de comando do Daesh na área de Mayadin, tendo cerca de 80 militantes sido eliminados, incluindo comandantes importantes da organização terrorista.

    Anteriormente nesta sexta-feira (6), as tropas governamentais da Síria e seus aliados realizaram uma operação militar contra as forças do Daesh na parte oriental da província síria de Homs, libertando 1.800 quilômetros quadrados do território.

    ​A cidade de Mayadin é o maior bastião do Daesh na província vizinha de Deir ez-Zor. Os terroristas usaram-no para acumular armas e recursos humanos a fim de lançar ataques contra as cidades de Palmira e Deir ez-Zor.

    As forças da Síria têm mantido a ofensiva na área em torno de Deir ez-Zor. A maior parte dos militantes foi empurrada vários quilômetros ao leste e através do rio Eufrates. Entretanto, os militantes do Daesh começaram fugindo a Mayadin em direção aos arredores de Deir ez-Zor.

    Mais:

    Erdogan: Turquia está pronta para iniciar operação militar na província síria de Idlib
    Putin destaca eficácia da Força Aeroespacial russa na Síria
    Aviação russa destrói posto de comando do Daesh na Síria, eliminando inúmeros terroristas
    Tags:
    tropas sírias, cerco, Daesh, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar