15:22 22 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Veículo militar com as bandeiras da Síria e do Hezbollah

    Hezbollah não declarará guerra a Israel como resposta ao bombardeio contra Síria

    © REUTERS / Omar Sanadiki
    Oriente Médio e África
    URL curta
    21122
    Nos siga no

    O xeique Naim Qassem – o número dois do Hezbollah – anunciou em Beirute que a organização xiita libanesa não pretende guerrear contra Israel devido ao bombardeio israelense da semana passada contra a Síria.

    Qassem, em entrevista a um canal de televisão libanesa, afirmou que a guerra contra Israel não é a resposta adequada ao bombardeio de umas instalações sírias, situadas perto de Tartus, pois há outras formas de responder ao ataque.

    O exército israelense alcançou a segunda metade das manobras militares no norte da fronteira com o Líbano, sendo estas as maiores manobras israelenses dos últimos vinte anos.

    Com essas manobras, Israel está treinando resposta a um possível ataque por parte do Hezbollah.  

    Mais:

    Exército sírio e Hezbollah libertam fronteira sírio-libanesa do controle do Daesh
    Hezbollah diz que capturou enclave do Daesh na fronteira do Líbano
    Damasco e Hezbollah retomaram territórios na fronteira síria do Daesh
    Tags:
    manobras, ataque, guerra, Hezbollah, Israel, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar