11:28 11 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    1200
    Nos siga no

    O Ministério da Defesa da Rússia informou na quarta-feira (6) que o exército sírio, juntamente com a aviação militar russa, lançou um ataque contra os terroristas da organização Daesh (proibida na Rússia) no centro e leste do país, abalado pela guerra.

    As forças governamentais sírias lançaram um golpe contra o Daesh no centro e leste da Síria, sendo a vitória em Deir-ez Zor o maior sucesso do exército, apoiado por aviões de combate russos, afirmou o Ministério da Defesa russo, comentando as operações militares no país árabe durante as últimas duas semanas.

    "Durante as últimas duas semanas, as tropas do governo sírio, com apoio da Força Aeroespacial da Rússia, alcançaram avanços significativos e realizaram um ataque decisivo contra os terroristas do Daesh no leste e centro da Síria", disse o chefe da Direção-Geral Operacional do Estado-Maior das Forças Armadas russas, Sergei Rudskoy.

    Segundo ele, o rompimento do cerco de Deir ez-Zor pelas forças governamentais sírias é a vitória mais importante atingida por Damasco.

    "Ganhamos a batalha contra os grupos terroristas perto da cidade de Deir ez-Zor, vitória que é superior em termos de importância e escala a todas as vitórias anteriores. O povo sírio esperava este momento por mais de três anos", sublinhou.

    De acordo com Rudskoy, um outro agrupamento do exército sírio está atacando as fortificações dos terroristas às portas de Deir ez-Zor.

    Nas últimas duas semanas, a Força Aeroespacial da Rússia eliminou 1.200 terroristas, destruiu 83 veículos blindados e mais de 200 carros pertencentes aos militantes, afirmou o general russo.

    Caças-bombardeiros Su-34 e caças multifuncionais Su-35 russos continuam destruindo novos alvos, primeiramente veículos blindados, incluindo tanques, colunas com munições e artilharia, impedindo as ações do Daesh e o reagrupamento dos terroristas, disse o comandante do contingente russo na Síria, coronel-general Sergei Surovkin.

    Os caças russos realizaram mais de 1.400 voos, lançando cerca de 2.600 ataques contra postos de comando, campos e grupos de militantes, especificou.

    Moscou vem efetuando uma operação contra os terroristas na Síria desde 30 de setembro de 2015, a pedido do presidente sírio, Bashar Assad.

    Mais:

    Fragata russa Admiral Essen dispara mísseis contra Daesh na Síria
    Exército sírio está perto de libertar último baluarte do Daesh na Síria
    Tags:
    aviação, ataque, combate ao terrorismo, Força Aeroespacial da Rússia, Ministério da Defesa (Rússia), Sergei Rudskoy, Deir ez-Zor, Rússia, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar