23:26 07 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    350
    Nos siga no

    A Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) declarou não ter encontrado violações no programa nuclear do país do Oriente Médio, informou Reuters, que teve acesso ao relatório da organização.

    Segundo o relatório, o montante de urânio enriquecido no Irã, em 21 de agosto de 2017, era de 88,4 quilos, sendo que o limite estabelecido para o país é de 202,8 quilos.

    O nível de enriquecimento não extrapola o limite estabelecido de 3,67%. As reservas de água pesada estão sendo avaliadas em 111 toneladas, o que também não supera o limite estabelecido de 130 toneladas.

    Em fevereiro de 2017, os especialistas da AIEA avaliaram as reservas de urânio enriquecido no país em 101,7 quilos.

    Em 14 de julho de 2015, Irã e o "sexteto" de mediadores internacionais (EUA, Grã-Bretanha, Rússia, China, França e Alemanha) celebraram um acordo histórico sobre o programa nuclear iraniano. Foi aprovado um plano de ações, cujo cumprimento revogaria as sanções econômicas e financeiras contra o Irã, impostas pelo Conselho de Segurança da ONU, EUA e UE.

    O plano passou a ser executado em 16 de janeiro de 2016.

    Mais:

    Irã mantém seu programa de mísseis, confirma novo ministro da Defesa
    'Fantasma de Saddam' é motivo para manter programa de mísseis, diz ministro do Irã
    Mídia: Irã planeja desenvolver programa de mísseis para repelir 'ameaças dos inimigos'
    Programa de mísseis balísticos do Irã recebe novo impulso
    Presidente do Irã afirmou que Trump não poderá revogar o acordo sobre programa nuclear
    Tags:
    programa nuclear iraniano, sanções, Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar