17:14 16 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Presidente da Síria, Bashar Assad

    Assad: terroristas na Síria não são mais financiados graças às vitórias do governo

    © Foto / Assessoria de imprensa de Bashar Assad
    Oriente Médio e África
    URL curta
    9111
    Nos siga no

    Com as recentes vitórias do exército da Síria e de seus aliados, muitos países optaram em deixar de financiar os terroristas remanescentes no país, disse o presidente Bashar Assad durante uma reunião em Damasco com o vice-ministro das Relações Exteriores do Irã, Hossein Jaberi Ansari.

    "A alteração no posicionamento de alguns Estados está relacionada com a vitória do exército sírio e de seus aliados. O mais importante nisso são as medidas que estão levando ao fim do financiamento de terroristas remanescentes na Síria por outros países", disse o presidente, segundo sua assessoria de imprensa.

    Bashar Assad destacou a importância do apoio oferecido pelo Irã e outros países, destacando que o "projeto terrorista na Síria foi derrotado" e que "a completa vitória e o retorno da paz e da segurança em todo o território da Síria é um caminho sem volta".

    As forças do Daesh e dos outros grupos terroristas no território da Síria perderam posições durante os últimos meses. O Exército Árabe da Síria, apoiado pela Força Aeroespacial russa, está se aproximando de Deir ez-Zor. O exército libanês e as milícias da Hezbollah estão vencendo. Raqqa está cercada pelas Forças Democráticas da Síria, apoiadas pelos EUA. Diversas províncias, no entanto, permanecem controladas por terroristas.

    Mais:

    Resolução da crise na Síria é ameaçada por Israel e Arábia Saudita?
    Presidente do Irã acusou Arábia Saudita de apoiar terroristas no Iêmen e na Síria
    Netanyahu afirma que Israel não tolerará presença do Irã na Síria e Líbano
    General iraquiano: jihadistas podem regressar ao Iraque por causa das derrotas na Síria
    General russo: terrorismo na Síria está perto de ser derrotado
    Tags:
    financiamento do terrorismo, terrorismo, Hossein Jaberi Ansari, Bashar Assad, Irã, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar