20:05 24 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Ajuda humanitária da Rússia chega a um campo de refugiados na província síria de Latakia

    Banco Mundial: conflito na Síria destruiu a economia mais do que a infraestrutura

    © Sputnik / Dmitriy Vinogradov
    Oriente Médio e África
    URL curta
    402

    O conflito na Síria provocou a destruição dos sistemas sociais e econômicos e prejudicou o país muito além, do que a infraestrutura devastada, informou o Banco Mundial em um relatório divulgado nesta segunda-feira.

    "Uma das principais constatações do relatório foi que a ruptura dos sistemas que organizam a economia e a sociedade, juntamente com a confiança que une as pessoas, teve um impacto econômico maior, do que a destruição da infraestrutura física", afirmou o Banco Mundial.

    O relatório também observou que, quanto mais tempo o conflito na Síria continuar, mais difícil será reconstrução.

    Aproximadamente, 538 mil empregos a cada ano foram se perdendo durante o conflito. Os jovens no país enfrentam uma taxa de desemprego de 78%, acrescentou o relatório.

    O relatório também calculou que o conflito na Síria custou cerca de 226 bilhões de dólares norte-americanos para o PIB do país.

    Mais:

    Empresas russas ajudarão a reconstruir a Síria
    China pode ajudar Síria a reconstruir o país após a guerra terminar
    Assad abre as portas para a China reconstruir Síria
    'Putin estava correto': quem pode reconstruir a Síria
    Síria inicia reconstrução da cidade de Aleppo
    Das cinzas: governo sírio aprova plano para reconstrução de Aleppo
    Tags:
    infraestrutura, prejuízos, desemprego, PIB, economia, Banco Mundial, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar