09:05 25 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    1411344
    Nos siga no

    A Força Aérea de Israel atacou dois tanques das forças governamentais sírias como resposta a uma dezena de projéteis perdidos que anteriormente explodiram no território das Colinas de Golã, comunica o serviço de imprensa do exército israelense.

    Caça da Força Aérea de Israel (arquivo)
    © Sputnik / Serviço de imprensa da Força Aérea de Israel
    O fogo a partir do território de Estado vizinho foi reconhecido pelos militares como fogo fortuito, mas o consideraram como "uma violação inaceitável da soberania de Israel".

    "Como resposta aos mais de 10 projéteis com origem na Síria e caídos hoje no território de Israel, a Força Aérea israelense atacou as posições de onde foram efetuados os disparos. Além disso, foram atacados dois tanques que pertenciam às forças do regime sírio", se lê no comunicado.

    Do lado israelense não houve vítimas. Os militares dizem que os projéteis voaram através da linha de separação durante os combates entre forças governamentais e a oposição síria perto da cidade de Quneitra.

    Mais:

    Defesa israelense: Abbas empurra Hamas para conflito com Israel
    'Com Irã não se brinca': uma mensagem clara a Israel, EUA e Arábia Saudita
    Já são conhecidas características do novo tanque ligeiro de Israel
    Tags:
    ataque aéreo, Quneitra, Colinas de Golã, Síria, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar