23:54 20 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    A capital do Qatar, Doha

    Número de países que cortaram relações com Qatar atinge 6

    © Sputnik / Abdulkader Khadj
    Oriente Médio e África
    URL curta
    Ruptura de relações diplomáticas com Qatar (67)
    1483

    A lista aumenta: os governos do Iêmen e da Líbia cortaram relações diplomáticas com o Qatar, seguindo o exemplo da Arábia Saudita, Bahrein, Egito e Emirados Árabes Unidos.

    "O governo iemenita rompe relações diplomáticas com o Qatar", disse a emissora Al-Arabiya em noticiário de urgência. "O governo do Iêmen também confirma que coalizão árabe suspendeu a participação de Doha".

    Sanaa acusa Doha de apoiar grupos radicais no Iêmen, de acordo com o canal de TV.

    "A medida foi tomada após esclarecimento das ações do Qatar e suas ligações com grupos que inspiraram o golpe, bem como seu apoio a grupos extremistas no Iêmen", diz o comunicado do governo, publicado pela agência iemenita Saba.

    Mais tarde, a mesma medida foi tomada pela Líbia.

    "Qatar tem sido a fonte principal de fornecimento de armas ao ramo líbio da Irmandade Muçulmana e outros grupos islamistas armados desde 2012 e apresenta ameaça à segurança nacional do mundo árabe", declarou o ex-chanceler da Líbia, Mohammed Dairi, citado pelo canal de TV Sky News Arabia.

    No dia 5 de junho, Arábia Saudita, Bahrein, Egito e Emirados Árabes Unidos cortaram suas relações diplomáticas com Qatar, citando o alegado apoio de Doha ao terrorismo – ameaçador da segurança.

    A coalizão, liderada pelos sauditas, luta contra os rebeldes Houthi no Iêmen desde a primavera de 2015.

    Tema:
    Ruptura de relações diplomáticas com Qatar (67)

    Mais:

    Qatar estaria saindo debaixo das asas dos EUA?
    Tags:
    relações diplomáticas, corte, Qatar, EAU, Líbia, Iêmen, Egito, Arábia Saudita
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik