16:58 30 Março 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    0 04
    Nos siga no

    Desordens com participação de militares rebeldes na Costa do Marfim alastraram à cidade portuária de San Pedro, comunica Reuters.

    Antes na segunda-feira (15) foi comunicado sobre um tiroteio intensivo nas maiores cidades do país – Abidjan e Bouaké. Os moradores de Abidjan informaram a mídia, que é considerada a capital econômica do país, informaram que os militares rebeldes estão construindo barricadas nas ruas. Nesta cidade também ficou paralisado o porto, de onde são realizadas as exportações de cacau (Costa do Marfim é o maior exportador mundial deste produto).

    "Militares rebeldes estão na cidade de San Pedro. Eles estão em toda a parte. Há tiros. Todos estão fechando suas mercearias e indo para casa", disse à Reuters um dos exportadores locais do cacau.

    As desordens com participação de militares e agentes das forças de segurança decorrem na Costa do Marfim desde o início de janeiro. Na semana passada, as autoridades do país declararam que mais de 8 mil militares desistiram das demandas financeiras que foram a razão dos protestos, mas outra parte dos militares condenou seus colegas por este passo.

    Mais:

    ONU: eleições no Haiti e na Costa do Marfim foram pacíficas
    Torcida russa dá show de hospitalidade em amistoso contra Costa do Marfim
    Estrangeiros sequestrados por rebeldes sul-sudaneses são libertados
    Tags:
    militares, paralisação, rebeldes, exportações, Costa do Marfim
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar