09:50 20 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Esta foto de 14 de julho de 2011 mostra soldados norte-americanos entrando em um avião militar na base militar de Bagram para abandonar o Afeganistão

    Pentágono quer enviar mais soldados ao Afeganistão

    © AP Photo/ Musadeq Sadeq
    Oriente Médio e África
    URL curta
    858206

    O Pentágono pedirá à Casa Branca na próxima semana para enviar mais tropas ao Afeganistão para ajudar no combate ao Talibã.

    Desde 2011, houve uma redução nas tropas no Afeganistão, mas os comandantes militares estadunidenses afirmam que precisam aumentar o número de soldados em solo para dar melhor suporte às tropas locais e retomar território do Talibã.

    De acordo com a mídia dos EUA, o Pentágono requisitará entre 3 a 5 mil soldados, a maioria deles para treinar as forças militares e a polícia afegã. Hoje, o Afeganistão é lar de 8.400 soldados estadunidenses e outros 5.000 soldados da ONU. A missão das tropas da ONU é de apenas treinar os militares locais.

    O número é bem inferior aos 100 mil soldados dos EUA que já teve no país do Oriente Médio, em 2011. Com a diminuição das tropas estrangeiras, o Estado local tem encontrado dificuldades para combater o Talibã.

    A intenção é "ir além do impasse atual e também reconhecer que o Afeganistão é um importante parceiro para os Estados Unidos em uma região muito complicada", disse Theresa Whelan, secretária-adjunta do Departamento de Defesa para Operações Especiais, durante uma audiência no Senado.

    Mais:

    Forte explosão mata ao menos 8 no Afeganistão perto da embaixada dos EUA
    OTAN pode aumentar presença no Afeganistão
    Explosão mata 11 civis no Afeganistão
    Paquistão reconhece o protagonismo da Rússia no processo de paz no Afeganistão
    Tags:
    Pentágono, ONU, Theresa Whelan
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik