22:15 06 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    19123
    Nos siga no

    O grupo terrorista Daesh praticamente transferiu a sua chamada "capital" na Síria de Raqqa para Deir ez-Zor, segundo informou a emissora Fox News, citando fontes militares nos Estados Unidos.

    De acordo com os dados da emissora, a medida foi adotada pelos terroristas em função dos ataques aéreos intensificados e da pressão exercida pela oposição armada síria, apoiada pelos EUA.

    Os drones norte-americanos detectaram, nos últimos dois meses, o deslocamento de centenas de 'burocratas' e 'administradores' do Daesh de Raqqa para Al Mayadin, localizada a cerca de 40 quilômetros a sudeste de Deir ez-Zor, explicou Fox News.

    A cidade de Deir ez-Zor e a base aérea síria em seus arredores estão completamente cercadas por Daesh nos últimos três anos, tendo recebido todos os suprimentos e munição por via aérea.

    Apesar dos constantes ataques por parte dos jihadistas com carros-bomba e kamikazes, a guarnição da cidade sitiada continua a resistir e, por vezes, realiza contra-ataques.

    Em uma entrevista recente à Sputnik, o presidente sírio, Bashar Assad, declarou que os EUA permitem aos terroristas Daesh, expulsos da cidade iraquiana de Mossul, "minar as posições do exército sírio" em Deir ez-Zor. De acordo com o presidente sírio, Washington quer que os jihadistas assumam Deir ez-Zor.

    Mais:

    Síria está pronta para cooperar com qualquer governo para libertar Raqqa
    EUA atacam 'acidentalmente' posições de forças antiterroristas perto de Raqqa
    Mídia: tropas da coalizão internacional desembarcam em Deir ez-Zor
    Comandantes do Daesh fogem de Raqqa para Deir ez-Zor
    Tags:
    terrorismo, Daesh, Deir ez-Zor, Raqqa, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar