19:27 22 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Lesedi la Rona de 1109 quilates é o maior diamante descoberto em mais de um século e o maior diamante bruto existente hoje.

    Diamante gigantesco de 706 quilates é encontrado em Serra Leoa

    © Foto / Donald Bowers/Getty Images for Sotheby's
    Oriente Médio e África
    URL curta
    261
    Nos siga no

    Um pastor encontrou um enorme diamante de 706 quilates em uma mina no leste da Serra Leoa – possivelmente a 10ª maior pedra já encontrada, afirmam especialistas.

    O diamante foi extraído pelo pastor Emmanuel Momoh, um minerador artesanal, enquanto trabalhava nas minas na região rica em diamantes de Kono. De acordo com a lei, Momoh tem o direito a um pouco menos de 4% do custo do diamante, que o governo pretende avaliar e exportar.

    A pedra maciça ainda tem de ser avaliada, mas espera-se que valha milhões. O especialista em diamantes norte-americano, Paul Zimnisky, disse à agência AFP que, uma vez que a qualidade da gema for avaliada, poderia entrar na lista dos 10 ou 15 maiores diamantes.

    O diamante foi apresentado ao presidente do país Ernest Bai Koroma na quarta-feira (15), antes de ser colocado em um cofre do Banco Central de Freetown.

    Koroma enfatizou a importância de vender o diamante em Serra Leoa e garantiu que o processo de venda será transparente.

    O ministro de Minas Minkailu Mansaray disse à AFP que a participação do governo será usada para financiar projetos de desenvolvimento em todo o país. Entretanto, alguns cidadãos estão céticos quanto aos benefícios possíveis da incrível descoberta:

    "Os diamantes anteriores não beneficiaram as pessoas e eu me pergunto como esse novo diamante fará a diferença", disse Jeneba Kallon, uma funcionária pública. 

    Diamante de 706 quilates é encontrado em uma mina no leste da Serra Leoa. março, 16, 2017
    © AFP 2019 / SAIDU BAH
    Diamante de 706 quilates é encontrado em uma mina no leste da Serra Leoa. março, 16, 2017

    A guerra civil de dezena de anos da Serra Leoa foi alimentada pelo comércio dos chamados "diamantes de sangue", resultando em mais de 120.000 mortes e enormes custos sociais e econômicos para a nação.

    Em 2015, um diamante de 1.111 quilates foi descoberto em uma mina no Botswana — o maior encontrado em mais de um século. A gema, entretanto, cede o 1º lugar ao famoso diamante Cullinan, de 3.106 quilates.

    Mais:

    Céu de diamantes e oceanos de fogo: conheça os planetas mais extraordinários
    Os diamantes são eternos
    Novo tipo de diamantes é descoberto na Rússia
    Tags:
    pedras preciosas, diamante, Serra Leoa
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar