03:14 22 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Premier do Iraque, Haider al-Abadi, durante coletiva de imprensa em Berlim, após um encontro com a chanceler alemã, Angela Merkel, em 11 de fevereiro de 2016

    Premier do Iraque diz que três meses serão suficientes para eliminar o Daesh

    © AP Photo / Adam BERRY
    Oriente Médio e África
    URL curta
    0 20
    Nos siga no

    O primeiro-ministro do Iraque, Haider al-Abadi, afirmou que o seu país só precisa de mais 90 dias para acabar com o grupo terrorista Daesh, um dos maiores responsáveis pelos sangrentos conflitos que vêm devastando áreas do Oriente Médio há anos.

    "As condições indicam que o Iraque precisa de três meses para eliminar o Daesh", declarou o premier a um canal de TV estatal, segundo a agência Reuters

    Em meados de outubro, as forças iraquianas, apoiadas por aliados, lançaram uma grande ofensiva para retomar aquela que é considerada a capital do Daesh no país, Mossul, capturada em 2014 pelos extremistas. Até o momento, o exército só conseguiu recuperar um quarto do território da cidade.

    Na última segunda-feira, 26, um militar das Forças Armadas dos Estados Unidos disse que os diferentes grupos que participam da operação dariam início, nos próximos dias, a uma nova fase de ataques para reconquistar Mossul, deslocando as tropas do sul para a parte oriental da cidade.

    Mais:

    Tropas do Iraque atacam reduto de terroristas suicidas em Mossul
    Escritórios de oposição curdos iranianos sofrem ataque a bomba no Iraque
    Coalizão dos EUA realiza nove ataques contra o Daesh perto de Raqqa
    Tags:
    Reuters, Daesh, Haider al-Abadi, EUA, Mossul, Iraque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar