11:20 26 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Pessoas correm de incêndios florestais em Haifa, Israel, quinta-feira, 24 de novembro de 2016

    Israel culpa palestinos por incêndios que arrasam o país e prende 13 suspeitos

    © AP Photo/ Ariel Schalit
    Oriente Médio e África
    URL curta
    22153226

    Israel intensificou os esforços neste sábado (26) para extinguir os incêndios que assolaram grandes áreas do país e disse que suas forças de segurança prenderam 13 palestinos suspeitos de terem iniciado focos de fogo de propósito.

    Enquanto muitos focos já foram contidos, novas conflagrações se espalharam pelo norte e centro de Israel, bem como por partes da Cisjordânia ocupada, pelo quinto dia consecutivo, segundo relata a Reuters

    Os militares israelenses disseram que, nos últimos dias, as forças de segurança haviam prendido mais de 10 suspeitos palestinos que estariam supostamente tentando iniciar incêndios de propósito. 

    ​Não houve resposta oficial por parte dos líderes palestinos, que, ao invés disso, enviaram equipes de resgate para ajudar a combater o fogo. 

    Ayman Odeh, um importante político árabe israelense citado pela Reuters, rejeitou a sugestão de que os árabes seriam responsáveis pelos incêndios criminosos e acusou o governo israelense de aproveitar a situação para incitar a população contra a minoria árabe.

    Mais:

    Rússia envia aviões para ajudar a apagar incêndios em Israel (FOTOS)
    Palestina mostra disposição para diálogo direto com Israel
    Trump convida primeiro-ministro de Israel para uma reunião 'na primeira oportunidade'
    Tags:
    incendiários, incêndios criminosos, palestinos, bombeiros, ajuda, incêndios florestais, Cisjordânia, Palestina, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik