03:22 10 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    28129
    Nos siga no

    A Turquia pretende reforçar a sua presença militar na Síria desde o começo da operação Escudo do Eufrates.

    Segundo as informações, a Turquia enviou mais equipamentos pesados e um grupo de 200 agentes das forças especiais turcas para a região das vilas de Azaz, Choban Bey, Aktarin, bem como para a cidade de Jarablus e Al-Bab, no norte da Síria, por causa de confrontos violentos entre as Forças Democráticas da Síria (FDS) e o Exército Livre da Síria (ELS).

    O representante das unidades do Exército Revolucionário, que integra as FDS, Zekeriya Abdulmecit, disse à Sputnik Turquia que Ancara começou os preparativos para a criação de uma base militar na zona de Aktarin e Edle, entre Aza e Al-Bab, para reforçar as suas posições na Síria.

    "Segundo as informações que obtivemos de fontes seguras, a Turquia pretende construir uma base militar no território sírio, perto dos povoados de Aktarin e Edle, para reforçar as suas posições. Agora a Turquia está deslocando para a região de Aktarin forças adicionais, nomeadamente soldados dos seus destacamentos especiais", disse Abdulmecit.

    Tomando o controle sobre Jarablus, afirmou ele, a Turquia aspira a espalhar a sua influência. O seu objetivo principal é impedir as forças sírias de controlar a estrada entre Afrin e Manbij.

    Mais:

    Terrorista 'eliminado pelos EUA em abril' está preso na Turquia
    2 mortos, 21 feridos na sequência de explosão na Turquia
    Turquia desembarca em Crimeia em momento de retomada das relações com a Rússia
    Tags:
    reforço, presença militar, base militar, equipamento militar, Síria, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar