17:42 19 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Assad ONU

    Assad: os projetos russos terão condições mais favoráveis

    Joseph Eid/AFP
    Oriente Médio e África
    URL curta
    41427221

    O presidente da Síria Bashar Assad garantiu que serão criadas condições o mais favoráveis possível para os projetos russos na Síria, declarou o vice-primeiro-ministro russo Dmitry Rogozin.

    "Nós acordamos que o governo da Síria vai prestar atenção especial a cada empresa russa no país. Os maiores projetos apresentados ao presidente Assad foram nas áreas da energia e transporte. Ele garantiu pessoalmente o regime de ‘nação mais favorecida'", disse Rogozin ao canal de televisão Pervy Canal.

    As partes discutiram a coordenação de ações de ambos os países no combate ao terrorismo, na área econômica e comercial.

    A declaração da presidência síria diz o seguinte: "O presidente Bashar Assad encontrou-se com uma delegação russa, liderada pelo vice-primeiro-ministro Dmitry Rogozin. A composição de delegação também incluiu os vice-ministros das Relações exteriores, da Defesa, do Desenvolvimento Econômico, Energia e Agricultura da Rússia".

    Durante o encontro foram discutidos "os estreitos laços históricos que ligam a Rússia e a Síria" e também a coordenação de ações entre dois países na área de combate ao terrorismo, para além da cooperação econômica e comercial. 

    "Durante o encontro, o presidente Bashar Assad declarou que a política e a posição da Rússia tanto na arena mundial como no âmbito de combate ao terrorismo (na Síria) provam a Rússia é uma grande potência, que se baseia nos princípios de observação do direito internacional, respeito da soberania e do direito de autodeterminação", diz-se no documento.

    O líder sírio também apontou que o apoio russo em diversas áreas, especialmente na economia, é muito importante. Segundo as palavras dele, tal apoio "permitiu aliviar os sofrimentos do povo sírio, causados pela guerra contra o terrorismo e as sanções econômicas impostas contra a Síria há muitos anos".

    Por sua vez, como nota a presidência síria, Rogozin sublinhou que o objetivo principal da ajuda militar, econômica e política da Rússia é apoiar a resistência ao terrorismo, àqueles que cometêm crimes horríveis contra o povo sírio.

    Mais:

    Rússia realiza ataques em Idlib e Homs para impedir retirada do Daesh de Mossul para Síria
    Rússia não está satisfeita com negociações sobre a Síria em Genebra
    'Rússia e EUA podem alcançar acordo sobre Síria sem saída de Assad'
    Trump pode reativar acordo com a Rússia sobre ataques conjuntos na Síria
    Rússia entrega uma tonelada de ajuda humanitária para a população síria
    Ministro belga: UE deve participar da resolução da crise síria junto com EUA e Rússia
    Tags:
    cooperação comercial, combate ao terrorismo, cooperação econômica, ajuda militar, ajuda financeira, Chancelaria, Dmitry Rogozin, Bashar Assad, Vladimir Putin, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik