00:14 13 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Combatentes das Forças Democráticas da Síria se preparam para disparar contra posições do Daesh na província de Raqqa, na Síria

    'Primeira etapa da libertação de Raqqa está concluída, a segunda começará em breve'

    © REUTERS / Rodi Said
    Oriente Médio e África
    URL curta
    127
    Nos siga no

    Um dos presidentes do conselho das Forças Democráticas da Síria, Rezzan Hido, disse em entrevista à Sputnik Turquia que a primeira etapa da operação de libertação de Raqqa foi concluída, e, em breve, será iniciada a segunda etapa.

    No âmbito da operação chamada de Fúria do Eufrates, as Forças Democráticas da Síria conseguiram libertar 550 quilômetros quadrados do Daesh e retomar o controle sobre algumas vilas. Brigadas de sapadores conseguiram neutralizar 1.200 minas e explosivos deixados pelos terroristas nas estradas, casas e carros. O objetivo da segunda etapa da operação será o circo completo das regiões que cercam Raqqa. A terceira etapa consistirá na entrada ao centro da cidade e na realização de confrontos nas ruas. No âmbito do preparo para a segunda etapa, os EUA deslocaram armas pesadas e veículos blindados para Kobane e Qamishli. Os militares forneceram equipamentos para a zona de operação. Como sabido, a segunda etapa da operação será realizada em três frentes – próximo a Al-Hassakah, no sul de Kobane e na zona sul de Tal Afar.

    Hido disse à Sputnik Turquia que a operação de libertação da cidade está sendo realizada com sucesso.

    "Combatentes das unidades das Forças Democráticas da Síria limparam dos terroristas do Daesh uma parte do território significativa. Como resultado dos confrontos, foram eliminados dezenas de jihadistas. O Daesh sofreu grandes perdas", afirmou.

    Segundo ele, a primeira etapa da operação foi concluída, pois as tropas conseguiram alcançar o objetivo determinado – tomar o controle sobre o território entre povoados de Suluk e Eyn Issa. Em breve, começará a segunda etapa da operação e Raqqa, sem dúvida, será libertada do Daesh, concluiu Hido.

    Mais:

    Ondas de protestos continuam em Aleppo, desta vez contra os terroristas
    Curdos sírios fazem ofensiva bem sucedida contra Daesh em Raqqa
    Tags:
    libertação, operação, jihadistas, forças, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar