02:09 18 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Um grupo de combatentes xiitas da Mobilização Popular (Hashed al-Shaabi) em 31 de outubro de 2016 perto da aldeia de Umm Sijan, ao sul de Mossul

    Comandante da milícia xiita: EUA atacam jihadistas no Iraque em prol de seus interesses

    © AFP 2017/ AHMAD AL-RUBAYE
    Oriente Médio e África
    URL curta
    Ofensiva de Mossul (96)
    3128880

    Irfan Abdulselam Muhammed, comandante turcomeno do grupo da milícia Hashed al-Shaabi, comentou a situação nos campos de batalha da operação de Mossul, em Tal Afar.

    O comandante fez essa declaração em entrevista à Sputnik Turquia na quinta-feira (03).

    Muhammed afirma que Washington está efetuando ataques aéreos contra alvos do Daesh (organização terrorista proibida na Rússia e em muitos outros países) no Iraque com objetivo de promover seus próprios interesses nacionais.

    "Os EUA estão fazendo apenas o que lhe interessam… Quaisquer que sejam ataques que eles estão lançando contra o Daesh, eles estão agindo em prol de si mesmos, e não em prol do povo iraquiano", ressalta Muhammed.

    Irfan Abdulselam Muhammed, comandante turcomeno do grupo da milícia Hashed al-Shaabi
    © Sputnik/ HİKMET DURGUN
    Irfan Abdulselam Muhammed, comandante turcomeno do grupo da milícia Hashed al-Shaabi

    O grupo de milícias dele faz parte das forças iraquianas que contam com cerca de 50 mil soldados, envolvidos na operação de libertação da cidade de Mossul dos terroristas do Daesh. Muhammed afirma que os EUA não providenciaram armas e treinamento para suas milícias.

    Os combatentes turcomenos retomaram muitos povoados ao redor da cidade de Tal Afar, situada na rota estratégica ente Mossul e Raqqa, considerada baluarte do Daesh.

    Segundo Muhammed, os combatentes turcomenos estavam se preparando para sitiar o centro de Tal Afar para fechar a via e prevenir a fuga de islamistas à Síria.

    Irfan Abdulselam Muhammed tem esperanças de que a Rússia se junte à luta contra o Daesh no Iraque depois de alcançar o respectivo acordo com o governo iraquiano.

    Tema:
    Ofensiva de Mossul (96)

    Mais:

    Daesh ordena combatentes a abandonar Mossul e a rumar para a Síria
    Moscou explica as diferenças entre Mossul e Aleppo para os EUA
    Tags:
    rota, interesses, milícias, libertação, Sputnik Turquia, Daesh, Tal Afar, Raqqa, Mossul, Iraque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik