04:19 20 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    0 12
    Nos siga no

    Na sexta-feira (4), na cidade síria de Aleppo, será realizada uma pausa humanitária, proposta pela Rússia, "para evitar o surgimento insensato de vítimas".

    A Rússia divulgou planos de realizar pausa humanitária de 10 horas na cidade síria, localizada no norte do país, informou o chefe do Estado-Maior russo, Valery Gerasimov, nesta terça-feira.

    "Para evitar o surgimento insensato de vítimas, o ministro da Defesa russo, Sergei Shoigu, informou que será realizada uma pausa humanitária em Aleppo das 09h00 às 19h00 do dia 4 de novembro por ordem do comandante supremo das Forças Armadas da Rússia, Vladimir Putin", declarou Gerasimov.

    Em 20 de outubro, uma pausa humanitária, chefiada pela Rússia, foi realizada em Aleppo para garantir a segurança durante a evacuação dos civis da zona leste da cidade. Oito corredores foram criados especialmente para a ação. Durante a pausa, o grupo terrorista Frente al-Nusra (proibido na Rússia), atualmente conhecido como Jaish al-Fatah, atacou os civis que estavam tentando deixar o país, impossibilitando, assim, a saída dos mesmos.

    Aleppo se tornou palco de combates sangrentos entre o exército sírio e os terroristas que controlam bairros da zona leste da cidade até os dias atuais. Organizações internacionais expressam suas preocupações relacionadas à impossibilidade de fuga dos cidadãos de Aleppo, cidade devastada pela guerra.

    Tags:
    pausa humanitária, Frente al-Nusra, Síria, Aleppo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar