12:10 20 Junho 2018
Ouvir Rádio
    Vladimir Putin (direita) com Haider al-Abadi (esquerda) em 21 de maio de 2015 em Moscou.

    Putin e premiê do Iraque confirmam cooperação sobre Síria

    © Sputnik / Aleksei Druzhinin
    Oriente Médio e África
    URL curta
    191

    O presidente russo Vladimir Putin e o primeiro-ministro do Iraque Haider al-Abadi confirmaram hoje (18), em conversa telefônica, a intenção de manter o trabalho conjunto dos dois países com relação a todos os aspectos da regulação da crise síria, diz um comunicado emitido pelo Kremlin.

    Durante a conversa, o líder russo apresentou igualmente ao premiê iraquiano todas as medidas adotadas pela Rússia para acalmar a situação em Aleppo, na Síria, incluindo planos de instituir uma pausa humanitária na cidade para a “retirada da população civil e de combatentes”.

    Ainda sobre o tema do terrorismo, Putin e al-Abadi trocaram opiniões sobre a ofensiva militar lançada pelo Iraque para libertar a cidade de Mossul da ocupação do grupo jihadista Daesh (Estado Islâmico – proibido na Rússia em diversos países).

    “Vladimir Putin desejou sucesso ao exército iraquiano e seus aliados no cumprimento do objetivo traçado. O presidente da Rússia expressou apoio aos esforços do governo iraquiano para erradicar o antro do terrorismo internacional, garantindo a soberania e a integridade territorial do país” – diz o comunicado do governo russo.

    No domingo (16), as Forças Armadas do Iraque, apoiadas por formações curdas, iniciaram uma ofensiva para libertar Mossul. A cidade é ocupada pelo Daesh desde 2014 e foi proclamada pelo grupo terrorista como capital de seu “califado”, juntamente com a cidade de Raqqa, na Síria.

    Mais:

    Exército do Iraque recupera mais de 50 poços de petróleo das mãos do Daesh
    Ofensiva no Iraque provoca deslocamento de terroristas do Daesh para a Síria
    Líder turco: Saddam Hussein não convidou EUA a entrar no Iraque em 2003
    Tags:
    cooperação, Haider al-Abadi, Vladimir Putin, Síria, Iraque, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik