03:14 19 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Palestinos velejam com a bandeira nacional no porto da Cidade de Gaza em apoio à flotilha de mulheres ativistas internacionais que tentam romper o bloqueio israelense à Faixa de Gaza - 5 de outubro de 2016

    Israel intercepta veleiro das 'Mulheres rumo a Gaza'

    © AFP 2019 / MAHMUD HAMS
    Oriente Médio e África
    URL curta
    5459
    Nos siga no

    A Marinha de Israel interceptou nesta quarta-feira (5) um veleiro de ativistas que tentavam romper o bloqueio israelense à Faixa de Gaza, que já dura uma década.

    Em comunicado, as autoridades israelenses disseram que suas forças tinham "redirecionado" o barco a fim de evitar uma "violação do bloqueio marítimo legítimo" do enclave palestino, e que tudo foi feito "de acordo com as diretrizes do governo e depois de esgotar todas as vias diplomáticas".

    Treze mulheres, incluindo a Nobel da Paz Mairead Maguire, estavam a bordo do veleiro Zaytouna na região do Mediterrâneo e iam em direção a Gaza, depois de terem zarpado de Barcelona em setembro como parte da missão "Mulheres rumo a Gaza".

    ​O Hamas, que controla o enclave palestino, denunciou a medida como "terrorismo de Estado".

    Mais:

    Rússia busca intermediar negociação histórica entre Israel e Palestina
    De Barcelona a Gaza: flotilha das mulheres luta contra bloqueio israelense
    Israel começa a construir 'muro' subterrâneo de concreto na fronteira com Gaza
    Tags:
    flotilha, interceptação, bloqueio, ativistas, barco, veleiro, Mulheres rumo a Gaza, Mediterrâneo, Faixa de Gaza, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar