10:12 25 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Complexos S-400 Triumph lançam mísseis durante treinamentos da Força Aeroespacial da Rússia

    Supremacia dos sistemas russos S-500 pode ser superada?

    © Sputnik / Ruslan Krivobok
    Análise
    URL curta
    7380

    As recentes notícias sobre a produção dos sistemas russos de defesa aérea S-500 levantou uma onda polêmica de comentários e até certo receio de outros países.

    O especialista militar russo Vladislav Shurygin revelou quanto tempo levaria para que outros países desenvolvessem armas semelhantes.

    O S-500 é um sistema de mísseis terra-ar, com alcance de até 600 km, que pode destruir uma ampla gama de alvos balísticos. Por pertencer a uma nova geração, esse sistema sem análogos no mundo tem suas características mantidas em segredo absoluto. No entanto, algumas de suas capacidades se tornaram públicas.

    Conquista militar russa

    "Os americanos estão estudando cuidadosamente os parâmetros abertos de nosso armamento", explica Shurygin, adicionando que "daqui a dois ou três anos, eles [norte-americanos] poderão criar modelos que se aproximem destes parâmetros".

    O especialista destacou as conquistas da indústria militar russa, especialmente no campo do planejamento, que determina que tipo de armamento o país necessita.

    "Depois da operação na Síria, não há dúvida sobre a qualidade das nossas armas. Estamos na linha de frente e os EUA avaliam isso objetivamente", destaca o analista.

    O novo sistema S-500 tem características muito superiores às do S-400 russo e do Patriot PAC-3 americano. Atualmente, o S-400 Triumph é uma das armas mais avançadas e comercializáveis da Rússia, com um número significativo de países interessados em comprá-lo.

    Mais:

    Rússia começa desenvolvimento de sistemas de mísseis de nova geração S-500
    Ministério da Defesa russo revela prazo de colocação em serviço dos sistemas de nova geração S-500
    Sistemas de defesa antiaérea russos S-500 são capazes de funcionar no espaço, afirma vice-diretor
    Tags:
    sistema de mísseis, S-500
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar