20:05 21 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Exercícios das unidades de defesa costeira da Frota do Mar Báltico com sistemas Bastion (arquivo)

    Lançamento de mísseis Oniks pela Rússia será um sinal para EUA?

    © Sputnik / Igor Zarembo
    Análise
    URL curta
    7510

    O Ministério da Defesa russo publicou um vídeo do lançamento de mísseis de cruzeiro Oniks contra alvos na superfície do mar. Um analista militar aponta que os mísseis antinavio são uma arma adequada de dissuasão e acredita que o lançamento é um sinal.

    A gravação divulgada pelo ministério russo demonstra parcialmente as manobras da Frota do Pacífico no mar de Okhotsk envolvendo lançamentos de mísseis Oniks do sistema Bastion e mísseis de cruzeiro a partir de navios de combate. Todos os sete mísseis lançados atingiram seus alvos convencionais.

    O analista militar russo Boris Rozhin comentou, para o serviço russo da Rádio Sputnik, a escolha dos mísseis utilizados nas manobras.

    Rozhin apontou para a crescente ameaça de que os EUA realizem um ataque contra a Síria e, neste contexto, os mísseis antinavio da Rússia adquirem especial atualidade.

    "Está claro que não haverá conflito direto, mas demonstrando tais armas, a Rússia dá um sinal de que possui meios de destruição de plataformas lançadoras de mísseis que os EUA podem deslocar no teatro de ações militares na Síria", opinou o analista russo.

    Ao mesmo tempo, o interlocutor destacou que o assunto tem mais a ver com política do que com a área militar e, mesmo que a Rússia possua armas avançadas, isso não exclui provocações por parte de outros países contra um Estado soberano.

    "A Rússia faz isso [demonstra armas] em primeiro lugar por razões de sua própria segurança, mas pode usá-las também em teatros de ações militares no estrangeiro", concluiu.

    O sistema Bastion é destinado a proteger o litoral com uma extensão superior a 600 km. O sistema é capaz de destruir navios de superfície de variadas classes e tipos em condições de resistência de fogo e guerra radioeletrônica intensa. Pode ser usado de dia e de noite, em diversas condições climáticas e inclui até 36 projéteis.

    Mais:

    Forças Armadas russas incorporam mais um regimento de sistemas S-400
    Em que Rússia gasta seu enorme orçamento militar?
    Tags:
    lançamento, manobras, mísseis de cruzeiro, Oniks, Frota do Pacífico, Ministério da Defesa (Rússia), Mar de Okhotsk, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik