22:32 22 Maio 2018
Ouvir Rádio
    Presidente da Rússia. Vladimir Putin

    Putin 'está sempre pronto para o diálogo', mas EUA 'estão procurando' inimigos

    © Sputnik / Aleksey Filippov
    Análise
    URL curta
    270

    Depois da entrevista com o presidente russo, Vladimir Putin, o famoso diretor norte-americano Oliver Stone contou à Sputnik sobre suas impressões.

    O diretor disse que, apesar do fato de a matéria filmada ser suficiente para fazer um documentário de quatro partes, ele não pode dizer que conhece bem o líder russo. Mas Stone assinalou que a conversa com ele ajudou a perceber a atitude real da Rússia perante a situação no mundo, que não é habitualmente divulgada no Ocidente.

    Oliver Stone disse que não sabe qual é o verdadeiro Vladimir Putin e que não sabe se ele foi completamente aberto durante a entrevista, mas sublinhou que Putin é um homem que está orgulhoso de seu país e que trabalha em prol dos interesses dele.

    "Lamentavelmente, ele é frequentemente criticado pelo Ocidente, o que é injusto em muitos sentidos. Acho que ele se cansou de ouvir isso constantemente. Os russos simplesmente se cansaram de ouvir o que os americanos ou europeus dizem, porque eles pensam de outro modo. A situação no mundo é muito estranha. Nunca houve tão grande quantidade de críticas ao Kremlin e ao líder russo. É algo de novo… Eu estou muito preocupado por causa disso, porque eu sempre considerei a paz e a segurança como as principais coisas na vida", disse Oliver Stone à Sputnik.

    O diretor destacou que a contribuição de Putin para a Rússia é muito profunda. Ele vê alguma semelhança com o presidente dos EUA Theodore Roosevelt, que foi o primeiro presidente dos EUA que permaneceu durante quatro mandatos no cargo presidencial. No caso de Putin permanecer no seu quarto mandato, isso será muito significativo, julga o diretor, "a contribuição dele para o seu país será a mesma que a de Roosevelt".

    Falando sobre a situação bastante grave nas relações entre a Rússia e os EUA, Stone disse que o principal problema é o complexo militar-industrial dos EUA, que força os EUA a procurar sempre novos inimigos ou a criá-los.

    © Sputnik .
    Oliver Stone fala sobre Putin

    O diretor apela a criticar os governos por eles atuarem em desacordo com a vontade do povo, que simplesmente quer viver em paz.

    Falando sobre o futuro das relações entre os dois grandes países, Stone sublinhou que pelo menos Putin está disposto ao diálogo. O diretor disse que Putin pensa que há sempre lugar para a esperança e que é preciso aplicar esforços para alcançar a paz.

    Mais:

    Putin: Rússia responderá todas as ações da OTAN adequadamente
    Putin explica por que colapso da URSS foi o maior desastre do século XX
    Putin: Rússia não interfere em políticas internas de outros países
    Tags:
    relações, entrevista, Donald Trump, Oliver Stone, Vladimir Putin, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik