05:35 24 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Dólar com bandeira dos EUA de fundo

    Washington tenta impedir o desenvolvimento da cooperação da Rússia e da Europa com o Irã

    © flickr.com/ Images Money
    Opinião
    URL curta
    181016

    Washington tenta impedir o desenvolvimento da cooperação entre as empresas europeias e russas com o Irã, disse à Sputnik nesta terça-feira o representante especial do presidente para o Afeganistão, diretor do segundo departamento da Ásia do ministério das Relações Exteriores da Rússia, Zamir Kabulov.

    "Os iranianos possuem queixas completamente justificadas de que os americanos estão sabotando e impedem as empresas iranianas de conduzir negócios com parceiros internacionais. Os EUA, além de não permitirem cooperação com Irã de empresas americanas, também bloqueiam as atividades de empresas europeias. Os europeus, na teoria, podem conduzir negócios em euros, mas as sanções americanas continuam em vigor. E muitas empresas europeias, relacionados aos EUA através do sistema bancário ou de tecnologias, acabam sendo afetadas também", disse Kabulov.

    Segundo o diplomata, "isso acaba assustando os empresários europeus".

    "Ou seja, na prática, os americanos estão impedindo os outros, não permitem aos europeus a desenvolver cooperação comecial com o Irã. O mesmo ocorre até com nossas empresas. Nossas grandes empresas, que querem trabalhar de modo ativo no Irã, mas que conduzem atividades na Europa e nos EUA, acabam sendo afetadas também. Os iranianos querem apresentar esses temas em Nova York (durante a Assembleia Geral da ONU). Acho que eles estão certos de fazer isso", concluiu Kabulov. 

    Mais:

    'Irã tenta criar contrapeso aos EUA na América Latina'
    EUA pedem continuação do cumprimento do acordo sobre programa nuclear do Irã
    Irã ameaça próximo presidente dos EUA
    Parlamento do Irã encaminha abertura de processo internacional contra os EUA
    Tags:
    sanções, cooperação multilateral, cooperação comercial, Zamir Kabulov, EUA, Irã, Europa, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik