00:07 19 Abril 2019
Ouvir Rádio
    Penitenciária Estadual de Alcaçuz

    Ninguém a salvo: Rebelião em presídio no Rio Grande Norte fere até diretor da unidade

    © Foto : TV Globo/Reprodução
    Notícias
    URL curta
    Caos instalado: A crise no sistema penitenciário brasileiro (19)
    511

    Na briga com pedras e barras de metal, sobrou para todo mundo em um dos confrontos mais tensos entre facções criminosas no RN; ainda não há informações sobre mortos.

    A rebelião na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, no Rio Grande do Norte, já entra pelo quinto dia e a Polícia Militar confirmou que o diretor da unidade, Ivo Freire foi ferido por um tiro hoje.

    A situação, que saiu de controle durante esta manhã, com confrontos incessantes entre integrantes das facções PCC (Primeiro Comando da Capital) e Sindicato do Crime, ficou mais "tranquila" a partir das 14h. Os detentos, que haviam rompido as barricadas e se enfrentaram usando pedras, barras de metal e vigas de madeira. Tiros também foram ouvidos.

    A polícia disparou balas de borracha e bombas de gás lacrimogêneo para conter a confusão. Ainda não há informações sobre vítimas fatais.

    Tema:
    Caos instalado: A crise no sistema penitenciário brasileiro (19)

    Mais:

    Diretor de presídio é afastado acusado de receber propina de facção no Amazonas
    Secretário de Temer sobre massacre em presídio: 'Tinha era que matar mais'
    Após nova rebelião com 33 mortos em presídio do Norte, Governo antecipa Plano de Segurança
    Temer classifica chacina em presídio de Manaus como 'acidente pavoroso'
    Tags:
    Penitenciária Estadual de Alcaçuz, Sindicato do Crime, Primeiro Comando da Capital, Ivo Freire, Rio Grande do Norte, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar