O candidato presidencial brasileiro Jair Bolsonaro reage após ser esfaqueado durante um comício em Juiz de Fora, Estado de Minas Gerais. Foto tirada em 6 de setembro de 2018.

Bolsonaro tem alta e deixa hospital após 3 semanas

© REUTERS / Raysa Campos Leite
Notícias
URL curta
8910
Nos siga no

O candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL), deixou o hospital Albert Einstein neste sábado (29) após 3 semanas internado. Bolsonaro foi liberado pelos médicos às 10h, conforme divulgou o hospital.

Ele recebeu uma facada no abdômen no dia 6 de setembro em Juiz de Fora-MG enquanto participava de ato de camapanha. O agressor está preso.

Após passar por uma cirurgia na Santa Casa, ainda em Minas Gerais, o candidato foi transferido para o hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde voltou a ser operado em mais duas oportunidades.

Em entrevista coletiva em frente ao hospital, o presidente do PSL, Gustavo Bebbiano, afirmou que Bolsonaro não tem condições de fazer campanha, mas que se recupera bem.

Bolsonaro usou o Twitter nesta manhã para fazer diversas postagens. Na primeira, afirma que o Brasil está na lama.

​Entre postagens afirmando que o PT e o PCdoB renovaram o apoio a Nicolás Maduro e à Venezuela, o candidato também postou um vídeo em que diz que as denúncias do jornal O Globo sobre suposta omissão de patrimônio são falsas.

​Segundo pesquisa de intenções de voto divulgada na sexta-feira (28), Jair Bolsonaro lidera a corrida eleitoral com 28% das intenções, seguido por Fernando Haddad (PT), com 22%, e Ciro Gomes (PDT), com 11%.

Mais:

Datafolha: Bolsonaro tem 28%; Haddad 22%; Ciro 11%
'Eu não aceito um resultado diferente da minha eleição', afirma Bolsonaro
Bolsonaro dá entrevista para Datena na TV Bandeirantes; acompanhe como foi
Bolsonaro pode ter alta no fim de semana, diz hospital
Veja ataca Bolsonaro e internet vira campo de batalha
Tags:
São Paulo, Juiz de Fora, Venezuela, Jair Bolsonaro, Ciro Gomes, Fernando Haddad, Nicolás Maduro, Hospital Albert Einstein, Partido Social Liberal (PSL), PDT, PT, Santa Casa, Jornal O Globo, PCdoB, eleições 2018
Padrões da comunidadeDiscussão
Comentar na SputnikComentar no Facebook
  • Comentar