16:49 21 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Enorme tubarão-branco (imagem ilustrativa)

    Tubarão de 3 metros é flagrado com objeto misterioso no fundo do mar (FOTO)

    © Fotolia / Ramon Carretero
    Mundo insólito
    URL curta
    0 116
    Nos siga no

    Foto de um tubarão-branco tirada em Massachusetts, nos EUA, chamou atenção devido a uma aparição inesperada e misteriosa no fundo do mar.

    Isso porque na foto é possível observar um incomum fundo do mar ou objeto formando um círculo de pontos debaixo do peixe.

    A foto, tirada por Wayne Davis, da organização Conservação de Tubarões-Brancos do Atlântico, foi compartilhada em torno do mundo devido ao misterioso cenário envolvendo um círculo, conforme o portal The Charlotte Observer.

    Uma das nossas imagens favoritas de Wayne Davis, de um tubarão-branco no Cabo Cod.

    Com a repercussão da foto, surgiram diversas explicações para a misteriosa forma, como um grande círculo de isca, restos do antigo farol Nauset ou até mesmo, o esboço de um OVNI no fundo do mar.

    Apesar das especulações, Wayne Davis garantiu que o círculo não teria nenhuma ligação com objetos extraterrestres, e acredita que o próprio tubarão tenha criado a misteriosa forma.

    "O círculo é a trilha do tubarão no sedimento inferior, causada pela turbulência ou fluxo de água de sua cauda ao nadar em círculo", sugeriu Davis.

    Apesar da explicação de Davis, a Administração Oceânica e Atmosférica Nacional reportou em junho de 2018 que estava investigando uma "anomalia em sonar" na costa da Carolina do Norte.

    Após a investigação, foi constatado que a anomalia se tratava de uma formação geológica, entretanto a localização foi mantida em sigilo, o que gerou debates de conspiracionistas.

    Mais:

    Após ser atacado por tubarão, surfista vai a bar em vez de hospital (FOTO)
    Tubarão escapa de pescadores dando 'adeus' acrobático (VÍDEO)
    Perigo a bordo: capitão é mordido por tubarão no próprio barco (VÍDEO)
    Tags:
    mistério, objeto, mar, OVNI, tubarão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar