13:52 05 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Mundo insólito
    URL curta
    201
    Nos siga no

    Uma senhora norte-americana atirou e matou o marido quando descobriu que ele havia adquirido uma assinatura de alguns canais de televisão com conteúdo pornográfico, relatou a polícia local em comunicado à imprensa.

    Patricia Hill de 69 anos de idade chamou a polícia e disse que tinha acabado de atirar em seu marido Frank Hill de 65 anos. Ao chegarem à cena do crime, os policiais encontraram o corpo do homem morto com dois tiros.

    Hill disse aos policiais que começou a discutir com o marido porque estava insatisfeita pelo fato dele ter refeito a assinatura em alguns canais de televisão com programação pornográfica, da qual ela já havia cancelado.

    O marido de Hill estava dentro do celeiro da família quando ela pediu para ele sair. Ao receber um não como resposta, ela entrou em casa e voltou com uma arma e disparou duas vezes: um tiro atingiu o pé e o outro, a cabeça do marido. Em seguida, ela entrou novamente na casa, guardou a arma e ligou para o serviço de resgate para comunicar o assassinato.

    No momento, Hill está sob custódia e aguarda julgamento.

    Mais:

    Terremoto revela paixão secreta de uma japonesa por pornô (FOTO)
    Estrela pornô por acaso: chinesa busca polícia após orgia em Moscou
    'Castração masculina': especialista alerta sobre consequências do vício em pornô
    Tags:
    filmes, pornô, televisão, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar