13:32 14 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Rosto de uma boneca de silicone na fábrica da produtora chinesa EXDOLL

    Chineses criam bonecas sexuais inteligentes para resolver problemas demográficos (FOTOS)

    © AFP 2019 / FRED DUFOUR
    Mundo insólito
    URL curta
    5154
    Nos siga no

    Uma empresa chinesa pretende resolver assuntos relacionados à idade e ao sexo, enfrentados pelo país, com introdução de falantes bonecas sexuais no mercado.

    Enquanto a população da China continua envelhecendo, com a quantidade de homens superando o de mulheres em milhões, a produtora de bonecas sexuais EXDOLL, localizada na cidade de Dalian, está disposta a resolver estes problemas oferecendo companhia para homens solteiros e carinho para os idosos com ajuda de suas novas invenções.

    Robôs em um laboratório da produtora EXDOLL, 1º de fevereiro de 2018.
    © AFP 2019 / FRED DUFOUR
    Robôs em um laboratório da produtora EXDOLL, 1º de fevereiro de 2018

    Um protótipo de uma boneca sexual falante chamada Xiaodie é equipado com WI-FI port e pode responder a comandos verbais ou receber instruções através de um aplicativo para celular. Xiaodie custa uns 25 mil yuanes (R$ 12,54 mil), o que é muito mais caro do que bonecas sexuais produzidas pela empresa desde 2009, que custam uns 2,5 mil yuanes por peça (R$ 1,25 mil).

    Funcionária pintando o rosto de uma boneca de silicone na fábrica da EXDOLL.
    © AFP 2019 / FRED DUFOUR
    Funcionária pintando o rosto de uma boneca de silicone na fábrica da EXDOLL

    "A China tem escassez de mulheres e por esse fator há tanta demanda aqui [por bonecas], mas não apenas para fazer sexo… estamos desenhando-as para que elas possam ter conversas relevantes com você e ajudar com as tarefas de casa. Elas poderiam finalmente até trabalhar como assistentes médicas ou recepcionistas", disse o diretor de marketing da EXDOLL, Wu Xingliang, à AFP.

    Funcionária reduzindo imperfeições da pele de uma boneca de silicone.
    © AFP 2019 / FRED DUFOUR
    Funcionária reduzindo imperfeições da pele de uma boneca de silicone

    A empresa planeja equipar suas bonecas com inteligência artificial para que sejam as mais realistas possíveis.

    Engenheiro segurando um rosto de silicone diante de um robô na fábrica da EXDOLL.
    © AFP 2019 / FRED DUFOUR
    Engenheiro segurando um rosto de silicone diante de um robô na fábrica da EXDOLL

    Mais:

    Contornando a lei: primeiro bordel de bonecas sexuais é aberto na França
    8 pessoas que ultrapassaram limites para tentar parecer bonecas vivas (FOTOS)
    Tags:
    tecnologias, demografia, inteligência artificial, robô, sexo, bonecas, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar