12:59 22 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo insólito
    URL curta
    1868
    Nos siga no

    Um malaio idoso que se identificava como xamã, morreu de ataque cardíaco e queimaduras após realizar ritual em um templo taoista na Malásia, informa a revista britânica Mirror.

    Lim Ba, conhecido como Cachorro Negro, se banhou em um caldeirão que estava sendo aquecido por uma fogueira, para "limpar o corpo e a alma". Passados 30 minutos, participantes da cerimônia ouviram o xamã de 68 anos batendo as mãos no caldeirão tentando sair, diz a Mirror

    Sacerdotes do templo tiraram o homem, mas o xamã não conseguiu sobreviver: o idoso morreu com queimaduras graves antes da chegada dos médicos.

    Vale destacar que Lim Ba realizou este ritual com sucesso durante 10 anos, permanecendo no caldeirão por até 75 minutos. Recentemente, o homem sofria de hipertensão, por isso os médicos insistiram para que ele parasse com os rituais estranhos.

    Mais:

    Orca provoca pânico em turistas na Nova Zelândia (VÍDEO)
    'Obra de Lúcifer': inseto terrível aterroriza internautas (VÍDEO)
    Tags:
    xamãs, rito, incidente, morte, Malásia, Ásia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar