18:44 16 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Comida japonesa

    Qualquer que seja sua reação, este restaurante não deixará você indiferente!

    © Foto: Pixaby/jonathanvalencia5
    Mundo insólito
    URL curta
    120

    Se visitar o Japão, não perca a oportunidade de visitar este restaurante extraordinário! Mas comer algo lá ou não – a decisão é sua!

    O restaurante Chinjuya — tenda de animais raros localizada em Yokohama (Japão) — é conhecido por servir pratos de carne de animais que podem ser caçados para diminuir sua superpopulação. Mas, além disso, ele oferece aos clientes "à la carte" todos os tipos de pratos extraordinários.

    Hoje, o restaurante Chinjuya conseguiu transformar ingredientes não comestíveis em pratos deliciosos.

    A página oficial desse restaurante no Twitter apresenta um cardápio com imagens dos seus guisados, que são totalmente surpreendentes e às vezes até mesmo nojentos.

    ​Ao mesmo tempo, nesse lugar tem oportunidade de provar escaravelhos rinocerontes, cultivados sem uso de produtos químicos.

    ​Entre as especialidades culinárias do estabelecimento também se encontra a carne de corvo. Ao contrário dos corvos urbanos, que se alimentam de lixo, estas aves foram criadas nos montes japoneses e só se alimentaram de frutos.

    ​Garganta de baleia? É melhor consumi-la crua, acompanhada com molho de soja e gengibre marinado!

    ​Além disso, o restaurante oferece ovos de tartaruga, cultivados na povoação de Ogasawara, nos arredores de Tóquio.

    ​Este é também o único restaurante japonês onde vocês podem degustar axolotes, que são uns anfíbios com cauda.

    Então, você já provou, por exemplo, gargantas de baleia? Não?! Agora sabe onde elas são servidas!

    Mais:

    Comida para fortes: grilos, cupins e outros insetos que salvam da fome
    NASA cria nova comida para astronautas
    Conheça o projeto graças ao qual você logo poderá comer batatinha frita marciana
    Restaurante para nus abre em Paris
    Tags:
    garganta, baleias, carne, animais, comida, restaurante, Instagram, Japão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik