12:03 12 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Baleia nada com seu filhote no parque de exibição de animais Marineland na cidade de Antibes, na Costa Azul, no sudeste da França, 12 de dezembro de 2013

    Por que baleias assassinas decidem se tornar vovozonas?

    © AP Photo/ VALERY HACHE
    Mundo insólito
    URL curta
    0 20

    Orcas velhas optam por não ter mais filhos e se dedicar à criação de seus descendentes para não se tornarem concorrentes de suas filhas, afirmam cientistas em artigo publicado na revista Current Biology.

    "Nossas pesquisas anteriores comprovaram que orcas fêmeas ajudam as suas filhas na criação dos netos, mas não foi descoberta a razão de tal compartimento. Fêmeas de várias espécies de animais se tornam líderes nos seus grupos quando atingem a terceira idade. Nossas observações recentes mostram que orcas velhas entram na menopausa por não serem capazes de competir com suas filhas", disse Darren Croft, pesquisador da Universidade de Exeter (Grã-Bretanha).

    Acredita-se que a maioria dos animais se reproduz durante toda a vida adulta.

    Animais adultos inférteis não têm qualquer utilidade para seu bando, por isso, a vida de muitos mamíferos limita-se ao prazo de sua fertilidade. Mas para tudo há exceções: entre os mamíferos, o homem e a orca fogem do padrão.

    Os anos de vida das mulheres após a menopausa são explicados pela hipótese da avó. De acordo com a sugestão, mulheres param de se reproduzir por razões de evolução — ao ajudar suas filhas na criação e educação de seus netos, as avós aumentam a probabilidade de transmissão de seus genes.  Antropólogos comprovaram esta teoria através da observação de populações africanas primitivas.

    Analisando dados de cientistas americanos, Croft e seus colegas concluíram que orcas se tornam avós, pois seus descendentes não são capazes de encontrar alimentos e se proteger sozinhos. Por outro lado, segundo revela os cientistas, isso não explica por que as vovós gigantes resolvem não se reproduzir.  

    No seu novo artigo, publicado na revista Current Biology, a equipe de Croft revela a verdade por trás de tal mistério. O grupo analisou dois grandes grupos de orcas compostos por cerca de duas dúzias de baleias. Cada grupo é chefiado por uma fêmea muito velha que deixou de se reproduzir a aproximadamente 40 anos.

    Os cientistas britânicos estavam interessados em conseguir respostas simples: quais fatores, incluindo a idade, influenciam na reprodução das fêmeas. Ao analisar material de cientistas canadenses, eles descobriram que, quando as orcas fêmeas observadas estavam se aproximando da menopausa, elas enfrentaram grandes problemas quanto à sobrevivência de seus filhos. Seus filhotes morreram 1,7 vezes com mais frequência do que os filhotes de orcas jovens. Juntamente com outros fatores, isso poderia obrigá-las a rejeitar a reprodução posterior por razões evolutivas.

    "Em grupos de orcas, as fêmeas idosas são parentes de quase todos os membros do grupo, ao contrário das fêmeas jovens. A diferença nos laços parentescos entre mãe e filhas resulta na decisão de que as fêmeas velhas devam contribuir para o sucesso comum da família, enquanto as fêmeas jovens recebem a função de reprodutoras para continuação das gerações", explica Croft.

    Todos os fatores levam a uma única resposta: a necessidade de ajudar seus descendentes e a concorrência com suas filhas obrigam as orcas da terceira idade se tornarem "vovozonas".

    Mais:

    Estrelas podem saber: previsão para políticos em 2017
    Quando o peixe é feio! Pescador russo mostra os horrores das profundezas
    Onde está o pinguim? Legenda de foto causa guerra na Wikipédia
    Como sobreviver na Sibéria com 40 graus negativos?
    Tags:
    filhos, comportamento, animais, cientistas, concorrência, reprodução, banda, baleias, orcas, Canadá, EUA, Grã-Bretanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik