17:45 20 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo insólito
    URL curta
    Rio 2016 (253)
    7336
    Nos siga no

    Em um estádio do Rio de Janeiro, as arquibancadas estremeceram ao enxergarem a jaqueta preta com a bandeira da Coreia do Norte na lapela e o penteado característico de Kim Jong-un, personalidade que apavora a mídia ocidental.

    Era uma das figuras menos esperadas nos Jogos. O presidente norte-coreano tem outras coisas para fazer agora depois das novas eleições do Partido. Para além disso, as relações com a vizinha Coreia do Sul exigem cautela.

    © Sputnik
    Kim Jong-um (só que não) estreia no Rio

    Porém, não se tratou afinal de uma visita relâmpago do líder da Coreia do Norte. Foi uma performance de um tal Howard, cidadão da Austrália, que de verdade se parece muito com Kim. O seu perfil no Facebook é chamado Kim Jong "Um". A postagem mais recente dele diz respeito a um discurso do presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach.

    "Depois do discurso do presidente do COI, dois delegados norte-coreanos vestindo fatos da República Popular da Coreia do Norte passaram perto de mim e ficaram totalmente pasmos ao me ver com a bandeira da Coreia do Norte e a do LGBT. Eles passaram cerca de 10 segundos falando, antes de um deles se acercar de mim e apertar a minha mão. Eu o saudei em coreano, e a expressão desconcertada nos rostros daqueles homens era absolutamente impagável!"

    Howard vive em Hong Kong e começou a imitar o líder da Coreia do Norte em 2013, dois anos depois de Kim Jong-un assumir a liderança do país, após a morte do seu pai e ex-líder, Kim Jong-il.

    Tema:
    Rio 2016 (253)

    Mais:

    Kim Jong-un lançou em cinco anos duas vezes mais mísseis que seu pai em 18 anos
    Coreia do Norte aterroriza vizinhos com folhetos ameaçadores
    Pela primeira vez foram aplicadas sanções contra Kim Jong-un
    Kim Jong-un pede reunificação das Coreias
    Tags:
    Kim Jong-un, Rio de Janeiro, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar