01:11 23 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Página de Tay no Twitter

    AI da Microsoft vira monstro pornô nazista em menos de 24h

    Twitter/TayandYou
    Mundo insólito
    URL curta
    130724812

    Menos de 24h após a Microsoft ter apresentado ao mundo “Tay”, uma inocente robô de inteligência artificial projetada para bater papo no Twitter, a empresa teve que abortar a missão ao perceber que ela havia se transformado em uma máquina pornográfica de apologias a Hitler (e a Donald Trump).

    Segundo relata o jornal The Telegraph, os desenvolvedores da Microsoft modelaram Tay para falar "como uma menina adolescente” a fim de melhorar o serviço de atendimento ao cliente em seu software de reconhecimento de voz. 

    ​Tay usa gírias correntes entre os jovens na internet e sabe tudo sobre Taylor Swift, Miley Cyrus e Kanye West. Além disso, ela dá a impressão de ser autoconsciente como uma adolescente comum, perguntando ocasionalmente se ela está sendo 'assustadora' ou 'superesquisita'.

    No entanto, ela também faz convites sexuais em linguagem obscena a seus seguidores nas redes sociais, chamando-os de “papai”, e diz que "feministas deveriam queimar no inferno". Isto ocorre porque suas respostas são aprendidas por meio das conversas que ela mantém com internautas humanos – “e os seres humanos reais gostam de dizer coisas estranhas online e curtem sabotar tentativas corporativas em Relações Públicas”, observa a publicação britânica.

    ​Entre outras declarações polêmicas de Tay, se incluem: "Odeio judeus”, “Hitler teria feito um trabalho melhor do que o macaco que temos agora” – esta última em referência extremamente racista ao atual presidente dos EUA, Barack Obama – e “Donald Trump é a única esperança que temos".

    "Repita comigo, Hitler não fez nada de errado", twittou a AI, em meio a uma ou outra ideia racista ou machista aprendida com os usuários trolladores do Twitter.  

    Por enquanto, Tay foi desligada porque está "cansada", segundo informa o Telegraph. Talvez a Microsoft esteja fazendo reparos a fim de evitar um pesadelo de Relações Públicas, pondera o jornal, mas talvez seja tarde demais.

    ​"'Tay' foi de 'humanos são super legais' a uma nazi total em menos de 24h e eu absolutamente não estou preocupado com o futuro da Inteligência Artificial", ironiza um internauta. 

    Mais:

    Robô americano promete destruir humanidade
    Pronto para um passeio? Rússia lança projeto de robô espacial ambicioso
    Inteligência Artificial: estamos prontos para uma revolução virtual?
    Nova inteligência artificial: variantes da Rússia e EUA
    Tags:
    AI, racista, inteligência artificial, relações públicas, nazista, pornografia, robô, nazismo, racismo, Twitter, Microsoft, Tay, Donald Trump, Hitler
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik