12:18 19 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, e seu homólogo russo, Vladimir Putin, durante a cerimônia oficial de boas-vindas no âmbito da visita do presidente russo a Ancara, em 3 de abril

    Erdogan planeja reunião com Putin e Trump em Paris

    © Sputnik / Sergei Guneev
    Mundo
    URL curta
    531

    O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, disse neste sábado que pretende manter conversações com o presidente russo, Vladimir Putin, e seu colega norte-americano, Donald Trump, em Paris nos dias 10 e 11 de novembro.

    "Espero que tenhamos a oportunidade de conversar com Trump, assim como com Putin em Paris, nos dias 10 a 11 de novembro", afirmou Erdogan, em durante uma coletiva de imprensa, na companhia do presidente da Ucrânia, Pyotr Poroshenko, que realiza uma visita oficial à Turquia.

    As celebrações do Dia do Armistício serão realizadas no dia 11 de novembro na capital francesa. Um total de 80 líderes mundiais manifestaram a intenção de participar dos eventos organizados por Paris. Também se espera que Erdogan realize uma reunião bilateral com o presidente francês, Emmanuel Macron.

    Ancara e Moscou assinaram um contrato de fornecimento de sistemas de mísseis antiaéreos S-400 em dezembro de 2017. As partes também acordaram a cooperação tecnológica no campo do desenvolvimento da produção destes sistemas na Turquia.

    Os Estados Unidos e outros representantes da OTAN, da qual a Turquia faz parte, expressaram preocupações quanto à compatibilidade das armas de produção russa com seus sistemas de defesa, afirmando ainda que isso poderia dar à Rússia acesso às tecnologias do F-35, caso o avião seja sincronizado com os S-400.

    Anteriormente foi informado que o Congresso dos EUA tinha a intenção de parar o fornecimento de aviões F-35 à Turquia por causa dos planos de Ancara de comprar os sistemas antiaéreos russos.

    Mais:

    Turquia começa a desenvolver sistema de defesa antiaérea de longo alcance, diz Erdogan
    Erdogan: comissão constitucional síria deve iniciar os trabalhos em 2019
    Erdogan diz que assassinato do jornalista Khashoggi foi planejado
    Erdogan e Trump discutem por telefone caso de jornalista saudita assassinado
    Erdogan e rei saudita concordam quanto à 'importância de cooperação no caso Khashoggi'
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik