05:32 19 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Robert Kocharian, ex-presidente da Armênia

    Justiça da Armênia determina prisão de ex-presidente

    © Sputnik / R. Mangasarian
    Mundo
    URL curta
    0 12

    Uma corte de Erevan autorizou nesta sexta-feira a prisão do ex-presidente armênio Robert Kocharyan, em conexão com a supressão de protestos no país em março de 2008, segundo informou o advogado do réu.

    "O tribunal determinou que se prenda Kocharyan", disse Aram Orbelyan em conversa com jornalistas. 

    Kocharyan foi acusado na última quinta-feira de romper com a ordem constitucional ao suprimir os protestos em questão, mesma acusação feita ao coronel-general Yuri Khachaturov, secretário-geral da Organização do Tratado de Segurança Coletiva (CSTO). Este, no entanto, segundo seu advogado, Migran Pogosyan, será liberado mediante o pagamento de fiança. 

    Robert Sedraki Kocharian foi o segundo presidente da República da Armênia. Ele governou o país entre fevereiro de 1998 e abril de 2008. Pouco antes de sua saída, em 1 de março de 2008, manifestantes insatisfeitos com o resultado da eleição, vencida pelo candidato governista Serzh Sargsyan, tomaram conta das ruas de Erevan para protestar, sendo duramente reprimidos pela polícia e pelas Forças Armadas. Ao menos dez pessoas morreram em decorrência dos confrontos.

    Mais:

    5 fatos que você deve saber sobre o que está acontecendo na Armênia
    Desconhecidos abrem fogo em banco na Armênia; há feridos
    Manifestantes bloqueiam principais ruas na capital da Armênia (VÍDEOS)
    Tensão na Armênia: Crise deve ser resolvida por vias constitucionais, diz presidente
    Tags:
    prisão, Robert Kocharian, Serzh Sargsyan, Erevan, Armênia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik