19:33 15 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Aviação russa na base de Hmeymim, em Latakia, onde funciona o Centro Russo para a Reconciliação na Síria

    Centro Russo para a Reconciliação Síria é atacado por rebeldes

    © Sputnik / Ministério da Defesa da Rússia
    Mundo
    URL curta
    13237
    Nos siga no

    O Centro Russo para a Reconciliação na Síria relatou ter sido atacado por grupos armados ilegais nesta terça-feira, 20. Segundo informações preliminares, não há vítimas no local.

    "Áreas residenciais, hotéis de Damasco, assim como o Centro Russo para a Reconciliação na Síria foram alvo de bombardeios massivos de grupos armados ilegais que operam na área de Ghouta Oriental hoje, causando significativos danos estruturais e mortes entre a população civil", disse um representante da Defesa russa na Síria. "Não há baixas entre os militares russos", acrescentou. 

    Criado com o consentimento de todas as partes em conflito na Síria, com exceção de organizações terroristas como Daesh e Frente al-Nusra, o Centro Russo para a Reconciliação na Síria é um órgão humanitário de monitoramento das ações de paz e guerra, gerido pela Rússia e com a ajuda da Turquia, localizado na base aérea de Khmeymim, em Latakia. Essa base em questão foi alvo de dois ataques recentes, em dezembro e janeiro. O mais antigo desses, realizado com morteiros, provocou a morte de dois soldados russos. 

    Mais:

    Iraque coopera com Rússia e EUA para controlar fronteira com Síria
    Turquia pretende acabar com o terrorismo na Síria, diz embaixador
    Moscou: russos feridos na Síria não eram militares
    Tags:
    bombardeio, ataque, Frente al-Nusra, Daesh, Centro para a Reconciliação na Síria russo, Ghouta Oriental, Latakia, Turquia, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar