01:34 19 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Fábrica de armas químicas em Aleppo, na Síria (arquivo)

    Enviado russo: Síria não tem mais capacidade de construir armas químicas

    © Sputnik / Nour Molhem
    Mundo
    URL curta
    6100

    A capacidade militar da Síria para construir armas químicas foi totalmente destruída, segundo afirmou nesta segunda-feira o representante permanente da Rússia junto às Nações Unidas, Vasily Nebenzya.

    "A capacidade química militar da Síria foi destruída sob a supervisão da OPAQ [Organização para a Proibição de Armas Químicas]", disse Nebenzia em reunião do Conselho de Segurança da ONU.

    O governo sírio vem sendo frequentemente acusado por autoridades de outros países, incluindo os Estados Unidos, de fazer uso de armas químicas na luta contra militantes armados da oposição. No entanto, Damasco nega utilizar esse tipo de estratégia para combater seus inimigos. Para a Rússia, os EUA, além de fazerem acusações infundadas contra a Síria, sem qualquer tipo de evidência, ainda ignoram fatos objetivos do uso de armas químicas por terroristas durante operações  contra tropas do governo sírio e civis.

    Mais:

    Rússia: EUA não quer investigar o uso de armas químicas na Síria
    Terroristas no Oriente Médio podem produzir armas químicas, afirma Sergei Lavrov
    Alemanha termina destruição de armas químicas vindas da Líbia
    Tags:
    armas químicas, ONU, OPAQ, Vasily Nebenzya, Damasco, EUA, Rússia, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik