06:34 17 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    Forças dos EUA em Manbij, Síria, foto de arquivo

    Moscou: tropas dos EUA não devem permanecer na Síria sem a aprovação de Damasco

    © AFP 2018 / DELIL SOULEIMAN
    Mundo
    URL curta
    6111

    As tropas dos EUA não devem permanecer na Síria sem a aprovação de Damasco, pois isso pode afetar negativamente o próximo Congresso de diálogo nacional sírio. A declaração é do enviado especial russo para a Síria, Alexander Lavrentyev, neste sábado (20).

    "Nossa posição é clara, as tropas dos EUA não devem permanecer no território de um estado soberano sem a aprovação do seu governo. Isso pode afetar negativamente o Congresso. Além disso, esperamos que os Estados Unidos, como membro permanente da Conselho de Segurança da ONU, enviem seu representante para o fórum de Sochi no status de observador", disse Lavrentyev a jornalistas.

    O diplomata também manifestou o desejo de que "os representantes da ONU estejam no fórum de Sochi no mais alto nível".

    "Esperamos que o secretário geral da ONU envie seu enviado especial [para a Síria], Staffan de Mistura, para participar ativamente da abertura do fórum", disse Lavrentyev a jornalistas após consultas com representantes iranianos e turcos sobre a organização do congresso.

    O Congresso do Diálogo Nacional Sírio ocorrerá nos dias 29 e 30 de janeiro na cidade russa de Sochi.

    Mais:

    Opinião: nova estratégia militar dos EUA enterra qualquer chance de cooperação com Rússia
    Moscou: EUA deturpam posição da Rússia sobre o uso de armas químicas na Síria
    Por que EUA nunca vão atingir Rússia na Síria?
    Tags:
    diálogo, tropas, Alexander Lavrentyev, EUA, Rússia, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik